Exercícios para o assoalho pélvico e sexualidade

download

As mulheres têm recorrido aos médicos, com maior frequência nos últimos dez anos, em busca de soluções para os problemas que interferem na sua qualidade de vida, em especial os que são relacionados à sexualidade.

A fisioterapia é um avanço recente em se tratando dessas disfunções. Entretanto, seu papel exato ainda não está bem compreendido pelos profissionais de saúde, por falta de conhecimento deles. É fundamental que a musculatura do assoalho pélvico (MAPS ou períneo, popularmente conhecidos) mantenha uma boa função.

As alterações geram patologias uroginecológicas, coloproctológicas e as terríveis disfunções sexuais. O desuso, a debilidade e a hipotonicidade dos músculos do assoalho pélvico contribuem para a incapacidade orgástica e o treinamento destes resulta em efeito positivo na vida sexual das mulheres.

uro21_OK

Vários são os objetivos da reabilitação do assoalho pélvico dentre eles estão o aumento do equilíbrio da musculatura pélvica, a melhora da vascularização e, consequentemente, uma relação sexual satisfatória.

Os fisioterapeutas são realizam avaliação e educação das pacientes, e também informações anatômicas da região genital. O tratamento promove melhora da saúde sexual, maior autoconsciência, autoconfiança, melhora da imagem corporal e diminuição da ansiedade.

É necessário que as pacientes recebam um treinamento e sejam monitorizadas na reabilitação, pois, sem instrução, muitas são incapazes de contrair voluntariamente os músculos do assoalho pélvico. Muitas pacientes cometem erros ao realizar os exercícios, contraindo musculatura acessória como: o glúteo, os adutores ou os músculos abdominais, em vez dos músculos do assoalho pélvico.

A fisioterapia é fundamental para que a paciente consiga controlar e isolar os grupos musculares no fortalecimento, para que consiga relaxar a musculatura e seja motivada através de uma boa aprendizagem a executar os exercícios apropriados.

OS EXERCÍCIOS PARA PERÍNEO, MAPS (MÚSCULOS DO ASSOALHO PÉLVICO)

Exercícios para o Períneo: músculos em perfeito funcionamento precisam ter força (capacidade de apertar), resistência (capacidade de segurar este aperto por um bom tempo), explosão (capacidade de contrair e relaxar rápido) coordenação motora (capacidade de contrair de jeitos diferentes) e propriocepção (capacidade de sentir a sua própria MAP relaxada e se movendo).

Todo músculo pode aumentar sua força, sua resistência, sua explosão, sua coordenação e sua propriocepção por meio de exercícios. Pode-se melhorar a MAP por exercícios de simples contração e relaxamento, auxiliados pelo fisioterapeuta, ou exercícios com acessórios, como os cones vaginais (fortalecimento e propriocepção) ou o ben wa (coordenação motora e propriocepção).

ben wa_OK

 

QUAL EXERCÍCIO É O MELHOR PARA O MEU CASO?

O diagnóstico fisioterapêutico faz toda diferença no programa de tratamento, ele varia com o objetivo a ser alcançado. Caso o diagnóstico apontou uma MAP de contração eficaz (a mulher sabe como contrair) mas está fraca, o treinamento deve ser o de força: de curta duração, grande intensidade e bom descanso. Já para os casos de boa força e contração eficaz, mais com baixa resistência (a MAP é forte, mas a contração não pode ser sustentada por mais de 3 ou 4 segundos), então o treino é de resistência: longo, com pouca carga e descanso mínimo. Daí a importância do fisioterapeuta especialista nesta área, só após avaliação saberemos a dose necessária para o seu caso. Marque sua avaliação pélvica.

Já se o objetivo for um incremento do desempenho sexual de uma mulher saudável, de MAP relativamente forte e resistente, o treinamento deve ser uma mistura de treino de força e resistência, com grande enfoque para a coordenação motora (ou seja, como contrair a MAP e os abdominais das mais diversas formas possíveis). Consulte seu fisioterapeuta especialista para que o plano ideal seja traçado de acordo com seus objetivos.

Os exercícios devem ser constantes, haja vista que qualquer musculatura do corpo ao permanecer parada, enfraquece com muita rapidez. É fundamental que, tal qual acontece com a musculação de academia, seja estabelecida uma rotina de manutenção da força conseguida após o treinamento inicial. Após terminarem as sessões você já estará apto a dar continuidade ao aprendido e manter uma rotina de exercícios pélvicos.

exercicios_OK

 

ALGUNS TIPOS DE EXERCÍCIOS DE ACORDO COM OBJETIVO A SER ALCANÇADO:

Treino de propriocepção, treino de Força, treino de coordenação motora, treino de resistência, treino de explosão, exercícios com bem wa e com cones vaginais. Alguns já foram exemplificados acima.

Exercícios para Melhoria do Desempenho Sexual: o principal motivo que leva homens e mulheres a exercitarem a MAP é a notável melhoria no desempenho sexual, que pode alcançar diversos níveis de acordo com o grau de treinamento, devido ao incrível aumento de força, resistência e principalmente de coordenação motora.

Com treino suficiente podem ser realizadas manobras avançadas de exercícios direcionados aos MAPs, conhecidos como ginástica intima e exercícios pélvicos. É importante lembrar que as manobras pompoares são difíceis, e exigem um grau mais apurado de força, resistência e coordenação da MAP que exigem treino. Por este motivo é importante a avaliação, pois nem sempre você estará no grau avançado. As indianas iniciam os exercícios de pompoarismo aos 08 anos, ou até antes, não podemos nos comparar a elas, pois a cultura é diferente e o tempo de treino também. Isso não significa que sejamos piores ou melhores. Não cabem comparações, cabem explicações.

Porém, graus de força, resistência e coordenação realmente satisfatórios são conseguidos apenas com treinamentos apropriados, com cones vaginais (para força e resistência) e ben wa (para coordenação motora), mas especialmente com o treino em consultório com um fisioterapeuta pélvico.

Qualquer exercício para a MAP acaba por melhorar diretamente o desempenho sexual. Como em qualquer outro exercício, a irrigação sanguínea é estimulada. Isto favorece as condições que levam ao orgasmo e melhoram a sensibilidade local. Lembrando que a ereção é um fenômeno vascular, que depende diretamente de um bom fluxo sanguíneo, estes exercícios para o homem são fundamentais. Ainda, os efeitos degenerativos locais do envelhecimento sobre a pele, a mucosa e a musculatura da vagina e da vulva são reduzidos. Os exercícios vaginais proporcionam um contato maior com o próprio corpo, melhorando a percepção corporal.

 

download

Para que haja uma satisfação sexual plena é fundamental o bom conhecimento e entendimento das respostas do próprio corpo.

Os exercícios para a MAP têm a propriedade de melhorar o desempenho sexual de homens e mulheres. A intensidade dessa mudança varia de acordo com cada caso e, principalmente, com a intensidade de treinamento.

Com exercício constante, há uma hipertrofia (aumento de força e resistência) da musculatura. Como a MAP comprime a vagina e a uretra, a sensação é de que a vagina vai ficando mais “apertada” ou firme, melhorando a sensação de pressão interna durante o ato sexual. No homem, a ereção se torna mais firme, e com uma boa dose de propriocepção e coordenação motora é possível inibir ou atrasar o orgasmo pelo tempo que se desejar.

Bibliografia: http://perineo.net/conteudo/exercicios-para-perineo.php e Tratamento fisioterapêutico das disfunções sexuais femininas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s